sexta-feira, 6 de novembro de 2015

Dicas para a escolha do curso ou faculdade


Quando somos crianças, uma questão as vezes recorrente é: O que você quer ser quando crescer? Os anos passam, a fase adulta chega, e você percebe o peso dessa escolha.

Seja durante ou após o ensino médio, se você deseja cursar uma faculdade, em algum momento vai se deparar com essa questão. Afinal, são tantos cursos, tantas universidades, e por diversas vezes nos sentimos perdidos, sem saber por onde começar ou o que realmente é melhor para nós. Pensando nisso, separei algumas dicas que me foram úteis quando passei por isso.  


  • Como escolher o curso ideal?

 Faça uma lista: Algo importante para iniciar é saber no que tem interesse, fazer uma lista selecionando os assuntos dos quais você gosta de pesquisar, tem afinidade, relembrar o que gostava de ver no ensino médio, e etc; 

 Opiniões e testes vocacionais: Se ao fazer a lista você ficou perdido, vale a pena fazer um teste vocacional, que pode ser feito no Guia do Estudante, por exemplo. Vale a pena também conversar com a família e amigos próximos; 

 Pesquise: Após listar as carreiras em que possui interesse, pesquise informações aprofundadas sobre elas, como por exemplo: As fases do curso, quais matérias são estudadas dentro do mesmo, qual o perfil do profissional da área, estágio:  como é e como são recrutados os estudantes, onde esse profissional pode trabalhar,  quais as especializações, quais as exigências após o curso (No direito, por exemplo, é necessário após a faculdade ser aprovado no Exame de Ordem da (OAB)), se o mercado está saturado e, é claro, o salário; 

 Analise o seu perfil: Após se inteirar mais sobre as carreiras que possui interesse, analise com qual delas o seu perfil é mais compatível, por exemplo, você tem interesse em cursar Gastronomia, mas a ideia de ficar fechado é incomoda. Ou seja, em qual dessas opções você pode usar as habilidades que já tem?; 

 Coloque na balança: Quais são os pontos positivos e negativos das profissões que escolheu, e com o que você acredita lidar melhor?;

 Converse com profissionais da área: Conversar com um profissional vai ser de grande ajuda para ver o que ficou desapercebido, e ter uma ideia real da carreira.  Se você não conhece ninguém que trabalhe na área, pode assistir entrevistas no YouTube ou ler em sites e blogs, frequentar feiras de profissões, como as da USP, Guia do Estudante, Senac, Cursinhos, e etc; 


  • Como escolher a Universidade ideal?

 Qual a situação com o MEC?: Sempre que é aberta uma nova universidade, o Ministério da Educação (MEC), faz uma avaliação da mesma, para que ela seja credenciada, e receba autorização para manter seu funcionamento. Os cursos também precisam ser reconhecidos, pois só assim você receberá o diploma ao terminar. É possível obter essa informação no site: E-MEC;

Qual a nota no curso e da faculdade no MEC?: O ensino superior é avaliado anualmente pelo Exame Nacional de Desempenho dos Estudantes (ENADE). É aplicado um exame aos estudantes que estão iniciando seus cursos e os que estão se formando. Para avaliar como os alunos absorveram as informações passadas nas aulas e o desempenho da universidade. Dando notas que vão de 1 à 5, sendo 1 e 2 insatisfatórias. Veja qual a nota da faculdade e curso que pretende aqui: E-MEC

Faça uma visita: Selecione algumas opções de universidades e faça uma visita, ligue antes para ver se é ou não necessário agendar, a visita é importante para você conhecer a estrutura da universidade, a proximidade, os laboratórios e etc... Se possível, converse com a coordenadora do curso que pretende e agende uma visita com ela para que tenha uma melhor explicação. 

Assista uma aula: Sabe aquela expressão "Não julgue um livro pela capa"? Então. É de extrema importância que antes de se matricular, você assista uma aula do curso que pretende naquela universidade e no campus que tem interesse, pois vai conversar com alunos que tem uma visão mais aprofundada dos prós e contras da universidade, você também pode conversar com os professores, ter uma noção prévia e quem sabe, aquele gostinho de quero mais. 

Coloque na balança: Junte todas as informações, veja o que cabe no seu orçamento, além de ter opções de programas desconto ao se matricular, como já comentei no post: Desconto nos estudos, ou o Prouni, que abre inscrição mais de uma vez ao ano e você pode participar, desde que tenha realizado o Exame Nacional do Ensino Médio (ENEM). 


  • Links úteis: 
Guia de Profissões                                Mundo do Vestibular       
Guia da Carreira                                   Giro de Profissões






  • Posts relacionados: 
Desconto nos estudos                  O que você espera da Faculdade?




41 comentários:

  1. Quando eu fui escolher o curso que eu ia fazer tive a maior dificuldade porque tinha umas 5 opções totalmente diferentes (eng. mecatrônica, direito, medicina, história e jornalismo), aí acabei escolhendo eng. mecatrônica e fui fazer em outra cidade, mas acabei não gostando e desisti do curso. Fiz o vestibular de novo, dessa vez tentei direito, e passei! Estou no primeiro período e é só amor <3 <3
    Acho que vale muito olhar pelo que você gosta na escola também, tipo, se a pessoa gosta só de história, geografia, literatura, etc. provavelmente não vai gostar de engenharia ou medicina, na dúvida o negócio é ir pelo que gosta e pesquisar muuuito sobre as faculdades, mercado de trabalho, etc.
    Se eu tivesse visto suas dicas antes, provavelmente teria ido direto pra Direito haha
    Beijos de luz!
    Sem ser Blasé

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Que legal, Thainá! Realmente é o ponto principal, fazer o que gosta sempre vai ser mais significativo e trazer um retorno não só financeiro. Minha mãe também cursa Direito, espero que goste, é um curso cativante, boa sorte ^-^
      *-* Espero que isso ajude outras pessoas a se decidirem, obrigada. Beijos.

      Excluir
  2. Eu tinha um pouco desse problema quando cheguei no final do ensino médio, queria fazer Redes de Computadores, mas segundo meus professores a graduação não conta muito, mais vale é uma especificação em algo, só que aqui onde moro (Tubarão - Santa Catarina) é muito carente desses cursos, acabei fazendo enem e passando no ProUNI pra Segurança no Trabalho (nada haver) fui indo e indo... odiei e larguei, passei pra UFSC em Tecnologia da Informação e Comunicação, assisti uma aula, porém devido a ser muito longe (uma cidade vizinha daqui que não tem van pra ir e voltar todo dia, e por agora eu não podia morar lá) acabei deixando de lado o sonho também, mas hoje mesmo recebi a noticia de que vai abrir a graduação aqui e to mega feliz! Acho que é muito bom quando tu tem algo que te faz bem, e tu pode fazer com muito prazer sabe? Acho isso tão importante na hora de escolher a profissão... Óbvio que dinheiro, no caso o retorno financeiro é bom, mas melhor que isso é só trabalhar em algo que você sabe que nunca criará "abuso" de levantar de manhã e pensar: ai que saco, tem que trabalhar.
    http://umatubaronense.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Iza, ainda bem que vai abrir a faculdade ai, que ótimo!
      Eu concordo com você, uma das coisas que sempre pensei é: Eu não queria trabalhar apenas por obrigação, não queria que fosse um fardo, acordar e já me sentir mal por ter que ir, sempre quis que fosse algo bom, para unir o necessário ao agradável.

      Excluir
  3. Saber escolher bem o curso é MUITO importante. Eu como muitas outras pessoas escolhi o curso errado, um que não tinha muito haver comigo. Agora depois de um semestre fazendo o que eu não gostava eu entrei pro meu curso certo e estou amando! Saí de medicina veterinária e fui pra jornalismo... Loucura, né?! hahahahaha
    http://www.takeourstyle.com/2015/11/os-5-modelos-de-biquinis-que-ja-estao.html

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi, Isa! Tudo bem? Que legal! o importante é a gente fazer o que gosta no final das contas, e começar fazendo uma escolha contrária é super comum, né? Acho os dois cursos muito interessantes, tanto Jornalismo quanto Medicina veterinária *-*, mas só de ir para a área que a gente quer já da aquela empolgação, né?
      Beijos

      Excluir
  4. Eu sempre tive vontade de fazer Odontologia, mas agora eu resolvi fazer Medicina Veterinária e é isso que eu quero pra minha vida.
    Adorei seu blog, amor. Estou te seguindo, espero sua visitinha.

    http://umadosedemenina.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Que ótimo, Lavínia, a melhor coisa é escolher o que realmente gostamos de fazer, a minha maior vontade é cursar psicologia.
      Obrigada pela visita, irei retribuir com certeza. <3

      Excluir
  5. Eu achava que testes vocacionais não funciona, até porque os meus dava sempre coisas que eram muito a frente da época em que os fazia.
    Desde no meu ginásio estava na procura já da faculdade e os testes envolvia sempre áreas criativa e tecnológicas, e até então não era uma área que ninguém queria se arriscar.

    E ai entrei para o último ano do colegial e me apaixonei por História, planejei toda carreira estava decidida em estudar e conseguir uma bolsa na Itália comecei até curso do idioma para ter noção.

    E no ano em que comecei o ensino médio tudo mudou, exatamente nas aulas de "História da Arte" onde vi que SIMM os testes vocacionais estavam certos o tempo todo e que agora MARKETING, CINEMA, RÁDIO E TV e DESIGN (que era sempre os resultados hahaha) estavam crescendo como nunca, graças a tecnologia. E que o desconhecido para os outros dessas profissões me encantava desde cedo, sem eu nem perceber... Adorei o post <3

    Beijoss, Chris Pereira
    http://blogdontstop1.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá, Chris! Tudo bem?
      Eu também não achava que esse tipo de teste funcionava, mas eu sou muito curiosa então fazia. Mas no fim o teste estava certo sobre mim também :) E como você disse, muitas vezes a resposta que nos encanta está na nossa frente mas evitamos olhar.
      Fico feliz que tenha encontrado o que te encanta, porque não tem coisa melhor! <3 Obrigada pela visita.

      Excluir
  6. Isso ajuda bastante o pessoal que acabou de se formar no ensino médio, eu já decidi o meu, quero fazer Medicina Veterinária! <3

    ResponderExcluir
  7. Muito bom o post, gostei das dicas *-*
    Beijos:*

    ResponderExcluir
  8. Oi, tudo bem? Adorei as dicas, vou salvar o link da postagem para voltar aqui quando precisar, rs.

    Estou seguindo seu blog e iria adorar se você seguisse o meu.

    Beijos,
    Duas Livreiras

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Que linda, fico muito feliz que tenha gostado! <3

      Excluir
  9. Com certeza esse seu post vai ajudar bastante quem está em duvida de qual curso escolher. Tive sorte de não ter tido duvidas na minha época, mas agora estou tendo, para um segundo curso... Um beijo grande ♡

    ResponderExcluir
  10. Post de utilidade pública com certeza! Eu cai de parquedas no meu curso por conta de um sorteio de uma bolsa integral que tinha ganhado, mas me apaixonei pelas linhas de códigos que hoje eu não vivo sem.

    Parabéns pelo post :)
    Beijo
    http://www.decorpenduricalhos.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Thay, também cai de paraquedas no meu curso técnico e estou amando! <3 Fico feliz que tenha gostado do post.

      Excluir
  11. Muito bom teu post! As dicas são maravilhosas e os links poxa isso ajuda bastante. Ai como eu queria ter lindo isso há 10 anos atrás.rsrs
    Me ajudaria bastante, mas tenho certeza que será de grande utilidade para todos que estão nessa situação. Parabéns! bjs
    www.pilateandosonhos.com

    ResponderExcluir
  12. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderExcluir
  13. Quando eu fui fazer facu fiz tudo que é teste e de nada adiantou.
    Um monte de gente me dizia: não sabe o que fazer? FAZ ADM!
    QUE MENTIRA!
    ADM É DIFICIL MANO HAHAHAH
    nadageek.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. kkkk Amei, Bianca! Realmente o pessoal costuma dizer isso sobre ADM, mas super sem noção

      Excluir
  14. Muito boas as dicas, pesquisar é sempre fundamental pra não perder tempo. Eu larguei minha faculdade e me encontrei dps.

    www.thesuburbanclub.com

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Que legal, o importante é se encontrar, né? <3 Fico feliz que tenha gostado.

      Excluir
  15. Interessantíssimo seu post, parabéns! Queria muito ter tido ajuda pra escolher meu futuro quando eu era mais nova.. Fiquei perdida por tanto tempo e no fim é bem possível que eu ainda tenha escolhido o curso errado. Mas paciência kkkk

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. D: Putz!
      Fico feliz que tenha gostado e nunca é tarde para mudar ^^

      Excluir
  16. Ótimas dicas para quem vai prestar vestibular! :)
    Quando escolhi jornalismo, segui praticamente todas haha E meu coração e mente diziam: jornalismo é seu lugar! Estudei, estudei e entrei na melhor faculdade do curso em SP. Três anos depois, eu amaduri muito, conheci de fato o mercado de trabalho, e percebi que, não, jornalismo não é exatamente o meu lugar rs. E tudo bem. O importante é termos isso em mente: tudo bem mudar de profissão, tudo bem mudar de opinião. Por mais que o que você escreveu ajude MUITO a decidir, às vezes, a vida segue por outros rumos e nós nos vemos outras pessoas, com outros objetivos :)

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Totalmente, geralmente quando fazemos essa escolha estamos numa fase cheia de incertezas e é normal essa ser mais uma delas

      Excluir
  17. Eu CRESCI colocando na cabeça que iria me tornar dentista. Minha mãe adorava a ideia. Dentista né, não é qualquer coisa...
    Mas não passei no vestibular e todas as faculdades eram muito caras, tive que esperar.
    Nesse tempo li muito sobre o cargo, sobre o mercado e vi que na verdade não era o meu desejo hoje de ser essa profissional, eu apenas admirava a profissão mas que não era pra mim.
    Foi nesse tempo que fiquei parada, sem odontologia na cabeça, que comecei a observar os outros cursos e ver o que meus amigos estavam fazendo.
    VÁRIOS faziam PP e eu achava muito legal, comecei a pesquisar e fui gostando ainda mais.

    Hoje to aqui quase formada <3

    As vezes esperar é o melhor jeito de decidir qual vai ser sua profissão

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oh amei sua dica, Laís! Realmente as vezes esperar é a melhor escolha.

      Excluir
  18. Super uteis o seu post, desde de pequena que eu sempre quis fazer fisioterapia, quando eu já tava no ensino médio, fui fazendo algumas coisas dessa lista e confirmei que a minha paixão é realmente a fisio. Beijossss

    ResponderExcluir
  19. Boas dicas, acho que o bacana é você entender que a faculdade é um processo da área. Eu estudo Jornalismo, trabalhar com com Jornalismo e bem diferente.

    ÁS vezes as pessoas gostam de estudar, já trabalhar não ou gostam do ambiente de trabalho e não da faculdade.

    Acho importante esse aspecto de noção de atividade, o auto- conhecimento e as pesquisar ajudam muito.


    www.cantinhob.com

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Adorei a sua dica, acho muito bacana conversar com quem já é da área ou estuda, para ter essa noção.

      Excluir
  20. Eu nunca fiz teste vocacional, acho q fui mesmo na sorte e acabei acertando meu curso, mas realmente a pesquisa é sempre crucial na hora da escolha do curso ou faculdade que se vai fazer! Ótimo post.

    ResponderExcluir
  21. Seu post ficou tão completo! Eu amei ele.. Sei como é passar por isso, larguei o cursinho e parti pra moda, independentemente de acharem bom ou não foi ai que eu me encontrei <3 e uma coisa que eu aprendi sobre a parte de escolha da faculdade: mt coisa depende mt mais do aluno do que a faculdade em si..

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Que linda! Fico muito feliz que tenha gostado, e que tenha feito a escolha do curso com o coração.

      Excluir

Obrigada pela visita!